#ConversasIDD: “O futuro digital da Costa Rica”

Em um novo capítulo de #ConversasIDD, o espaço criado pelo IDDLAC para falar sobre temas que ajudam a entender e melhorar o desenvolvimento do Ecossistema Digital, onde falamos sobre o futuro digital da Costa Rica após as eleições presidenciais cujo resultado terminou com o candidato do Partido Progreso social democratico, Rodrigo Chávez, como novo presidente dos Ticos para o período 2022-2026.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Quinta-feira 23 de junho de 2022. Já está disponível um novo episódio das #ConversasIDD, o espaço do Instituto de Desenvolvimento Digital para América Latina e Caribe.

Nesta ocasião, a equipe do IDD LAC, liderada por Andrés Piazza e Andrés Sastre, recebeu três renomados especialistas costarriquenhos, Maryleana Méndez, Allan Ruíz e Daniel Rodríguez Maffioli, para falar sobre o futuro digital da Costa Rica.

 

O 8 de maio passado, o  lider do Partido Social Democrata do Progresso, Rodrigo Chaves, tomou posse como presidente da Costa Rica. Candidato relativamente novo na arena política, cujo perfil e propostas de campanha foram analisadas no espaço OETIC, o Observatório Eleitoral TIC para a América Latina e o Caribe do IDD LAC.

 

Esta conversa complementa a análise da OETIC, sobre as propostas digitais emitidas pelo atual presidente durante sua campanha, para contrastá-la com a situação atual dos processos de digitalização no país, as perspectivas para este período de governo 2022-2026, e fazer uma referência ao público propostas de políticas de médio e longo prazo que possam gerar uma estrutura para o crescimento inclusivo e o respeito aos direitos dos cidadãos na Internet.

 

Maryleana Méndez, é uma profissional com destacada carreira na área de Telecomunicações e Tecnologias da Informação, atualmente Secretária Geral da Associação Interamericana de Empresas de Telecomunicações,  ASIET.
Allan Ruiz, é ex-presidente da COMTELCA e atual Conselheiro Sênior da Access Partnership

Daniel Rodríguez Maffioli, Diretor da PRIDAT, Fundación Privacidad y Datos, uma organização sem fins lucrativos cuja missão é a proteção dos dados pessoais dos costarriquenhos.

 

O vídeo da conversa, está disponível aqui: