#ConversasIDD: “O processo constitucional chileno e seu compromisso digital”

Uma nova edição de #ConversasIDD já foi publicada. Na ocasião, Rodrigo Ramírez Pino, presidente do IDICAM e ex-subsecretário de Telecomunicações do Chile, sentou-se à mesa para conversar com Andrés Piazza e Andrés Sastre (IDD LAC) e apresentou sua visão sobre o recém-iniciado debate constitucional chileno e seu compromisso digital.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Quinta-feira, 4 de novembro de 2021. Esta nova edição das #ConversasIDD tem como objetivo analisar como as questões digitais estão presentes no debate constitucional e quais são as perspectivas futuras que o Chile deve enfrentar para resolver os gaps e conseguir uma digitalização mais inclusiva.

 

A abertura do processo constituinte no Chile começou em 15 de novembro de 2019 com o Acordo de Paz e a Nova Constituição. Em 25 de outubro de 2020, foi decidido, por meio de plebiscito, iniciar um processo constituinte para a redação de uma nova Constituição. A Convenção Constitucional iniciou suas sessões em 4 de julho de 2021, com o objetivo de elaborar um novo projeto que deve ser ratificado pelo povo.

 

Durante esta palestra pudemos saber em primeira mão como se levantam as discussões sobre as questões do campo digital no projeto da nova Carta Magna, quais são os eixos em debate e as perspectivas de um futuro digital no Chile, inclusivo e promotor do desenvolvimento. , analisando como deve ser o novo quadro institucional e como conseguir o pretendido fechamento de brechas, fazendo da digitalização um instrumento de integração.

 
Acesse a conversa (em espanhol) em formato audiovisual abaixo:

 

 

 

#ConversasIDD: Violência Digital

Falamos sobre Violência Digital com Angie Contreras da Associação Civil Cultivando Género, em um novo capítulo das #ConversasIDD, espaço criado pelo IDDLAC para falar sobre

Ler mais